ProPública pede audiência à Provedora de Justiça e ao Secretário de Estado da Modernização Administrativa

No dia em que se completam 3 meses sobre a data em que a ProPública apresentou Queixa contra a exigência ilegal de marcação prévia para atendimento presencial dos cidadãos nas repartições públicas do país, a Direção da associação solicitou audiências à Provedora de Justiça e ao Secretário de Estado da Digitalização e da Modernização Administrativa. A associação não recebeu destas entidades qualquer resposta à sua Queixa, sendo certo que, de acordo com testemunhos chegados à ProPública, o atendimento presencial continua a não respeitar os princípios de acessibilidade, transparência e não discriminação previstos na lei geral e na Constituição da República.

Notícias Relacionadas

CERIMÓNIA DE ENTREGA DO PRÉMIO NELSON MANDELA 2024

No dia 18 de julho, às 18h30, o Auditório CGD do ISEG será palco da cerimónia de entrega do Prémio Nelson Mandela 2024 a António Garcia Pereira, advogado e antigo docente do ISEG.

Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para mais informação consulte a nossa Política de Cookies.