PRESIDENTE DA PROPÚBLICA ESCREVE SOBRE A FUNDAMENTAÇÃO IDEOLÓGICA DAS LEIS ANTI-ORDENS

É penoso ver o partido de Soares, Zenha e Sampaio ceder perante a ideologia ultraliberal do mercado e tornar-se num agente de destruição de instituições sociais que são, elas próprias, barreiras contra as tentações totalitaristas.

Leia a notícia na íntegra no Jornal de Negócios.

Notícias Relacionadas

Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para mais informação consulte a nossa Política de Cookies.